SARAU DO POBRE  
 

 

Dos agregados de Machado de Assis aos cafajestes curitibanos de Trevisan,

dos coitados de Canudos aos jagunços de Guimarães, dos favelados

de Paulo Lins aos desgarrados de Graciliano Ramos, a literatura

nacional está repleta de personagens POBRES.

E nem vamos falar nos miseráveis de Victor Hugo,

tampouco de Dostoiévski ou Dickens.

Nesta terça, o SARAU ELÉTRICO investe no SARAU DO POBRE,

com as leituras enriquecedoras de SERGIUS  GONZAGA,

CLÁUDIO MORENO, DIEGO GRANDO e KATIA SUMAN.

Para demonstrar que Joãozinho Trinta é que tinha razão: quem

gosta de pobreza é intelectual - o pobre gosta mesmo é de luxo!

Pegue sua estola e suas joias, ou junte as

moedinhas pra conseguir chegar, mas venha!

 

canja: Ricardo Seffner

 

SARAU DO POBRE  - 21.04.15

Ocidente - 21h - 15 pila

 

ouça o Sarau na www.radioeletrica.com